Para aqueles que precisão de um empurrão e ainda não viram, a garota viaja sozinha aos 19 anos ao estilo  “Into the Wild“. A norte americana Morgan S.  não se sentindo bem consigo mesma, decide pegar sua mala e se manda para sua aventura de 47 dias sozinha ao redor sul e centro, Read More

Mount Elbrus

Depois das 31hras de trem cruzando a Rússia de norte a sul, 2 horas de Van e tudo isso sem saber mais do que 5 palavras em Russo, chego em Terskol aos 2100m. Vilarejo mais próximo do Mount Elbrus. A escalada parecia ter se tornado fácil, agora era só uma montanha a ser escalada.

Rússia

Após 6 horas de ônibus saindo de Tallinn, capital da Estônia com direito a ônibus tendo que ser empurrado para pegar no tranco, atravesso a fronteira onde já é possível perceber claramente a diferença. Sem ninguém falar uma palavra em inglês a partir dali, chego finalmente em São Petersburgo, Rússia!!!

Bálticos

Se sentindo 10kg mais leve, finalmente embarco para os países báltico (Lituânia, Letônia e Estônia), começando por Vilnius, capital da Lituânia. País que nunca nem imaginava em visitar.

Acampamento Base do Everest

Bom, o vídeo não ilustra 10% como realmente foi, mas com certeza 200% melhor que o meu texto.. hahahahaha… mas de qualquer forma ai vai mais alguns detalhes e fotos dia a dia para aqueles que um dia sonham em se mandar nessa =)

Kathmandu

Voando de Bangkok cheguei em Kathmandu – capital do Nepal – e o lugar é incrível… Uma das únicas capital que realmente gostei bastante dessa viagem. Mesmo com a cidade caótica de transito maluco (já me acostumei com isso pela Ásia =P ), muita poluição, muita pobreza, crianças cheirando cola, etc.. etc.. etc… há algo que deixa inexplicavelmente o ambiente extremamente pacifico…

Agora esqueçam a Tailândia de budistas, elefantes e meditação… estava começando a Tailândia que também é festa e não é mostrada em filmes, mas ainda sim divertida 🙂

paraíso da escalada

Railay Beach, considerado por muitos entre um dos 5 melhores lugares para escalada em rocha do mundo e não ganhou esse titulo a toa.
Chegando lá, a vila respira escalada. Agências de escalada e pessoas com cordas e mosquetões perambulando por todos os lados 😀 Com mais de 2000 vias e grande parte delas de frente para o mar.

Norte da Tailândia

Bom, começando a viagem com o pé direito mesmo depois de 23 horas de viagem chegando morto no albergue, descubro que iria ter uma luta especial de Muay Thai na cidade.
Inglês contra um local Tailandês… faço amizade com um Holandês que estava no mesmo quarto e decidimos assistir.